Doenças de Pele

A pele é o maior órgão do corpo humano, corresponde a 16% do peso corporal, sua principal função é proteger todos os outros órgãos de ataques externos. Além de transmitir informações entre o corpo e o ambiente exterior, ela mantém a temperatura controlada. Toda essa exposição causa efeitos colaterais permitindo que a pele adoeça, mesmo que muitas vezes não percebemos.
Veja abaixo as doenças de pele mais comuns, seus principais sintomas e tratamento.

Dermatites/Eczemas: É uma reação alérgica que gera sintomas localizados, os principais são as manchas avermelhadas, inchaço, secreção na pele, pele ressecada, formação de crosta, prejuízo na qualidade do sono, coceira. Existem vários tipos de dermatite, normalmente o tipo depende da causa. As causas estão relacionadas ao contato com alguma substância que cause alergia; efeito colateral de algum medicamento; má circulação sanguínea; pele muito seca. É diagnosticada em pessoas de todas as idades, inclusive em bebês. O tratamento depende do tipo de dermatite que o paciente possui. É feito com medicamentos orais e/ou cremes especiais.

Micose: Micoses são pequenas infecções causadas por fungos. As micoses desenvolvem-se em áreas mais úmidas e ricas em queratina. Isso porque os fungos se alimentam da queratina presente na pele, unhas e cabelos. Nessas situações favoráveis, os fungos se reproduzem rapidamente. Sendo que, quando a pessoa está com a imunidade comprometida, a micose pode atingir órgãos internos e se tornar uma infecção profunda. Os sintomas mais frequentes incluem a coceira e descamação da pele, além de endurecimento da região, manchas na região afetada e pele ressecada. Assim como as outras doenças de pele, existem vários tipos de micose, é recomendado ir até um especialista para um diagnóstico eficaz. O tratamento é variável e normalmente demorado. Pode ser necessário apenas o uso de pomadas locais ou também a utilização de medicamentos via oral. Não esqueça que hábitos higiênicos é a melhor forma de prevenção, assim como se secar bem após o banho, principalmente as dobras e não compartilhar utensílios pessoais: toalhas, escovas de cabelo, bonés, etc...

Vitiligo: É uma doença caracterizada pelo aparecimento de manchas brancas em algumas partes do corpo. Isso é causado pela falta de produção de melanina na região afetada. O tratamento é difícil mas as primeiras opções são a fototerapia (a pele é exposta à luz ultravioleta); loções ou pomadas e medicamentos específicos.

Queloide: O queloide é uma camada em relevo na pele, por conta do excesso da cicatrização. Elas podem surgir de ferimentos como: Acne, queimaduras, varicela, furos nas orelhas, pequenos arranhões, cortes cirúrgicos, feridas, tatuagens. Os queloides geralmente são genéticos e mais comuns em afro-americanos, asiáticos e hispânicos. O tratamento está na redução da queloide com injeções, congelamento, radiação ou remoção cirúrgica. É importante ressaltar que dependendo da cirurgia, pode aumentar o queloide durante a cicatrização.

Essas são as doenças de pele mais diagnosticadas. Todas possuem tratamento cuja eficácia depende da rapidez do tratamento. Qualquer dúvida procure um especialista e se necessário, inicie o tratamento adequado.